Como fazer corte a laser com MDF e arrasar nos seus produtos

19 ago

Existe algo mais frustante do que perder tempo e material pois teve que refazer um projeto várias vezes? Se você pretende utilizar corte a laser para tocar seus projetos pessoais ou profissionais, essas 4 dicas serão de grande valor. Assim, você não vai continuar perdendo cabelos por erros de produção. Nesse artigo, vou mostrar o passo a passo de como fazer um suporte para livro personalizado.

1. Material e Maquinário

Primeiramente, vamos começar com o básico: planejamento. Toda vez que você for pensar e preparar seu projeto, o material que for utilizado vai influenciar na preparação do seu arquivo e na configuração da máquina. Nesse caso, estarei usando dois materiais: acrílico transparente e MDF light brown. Já que estou utilizando uma Trotec Engraver, vou utilizar placas de 60×30 cm que são o tamanho padrão dessa máquina. É importante que você verifique o tamanho indicado para sua máquina e as configurações ideais para cada material. Nessa situação, eu escolhi trabalhar com MDF e acrílico que naturalmente tem configurações diferentes.

A escolha de material foi proposital e, como você pode ver na imagem abaixo, as partes em MDF são para a produção da base e do personagem. Pode notar que o MDF possui um contraste legal na área de gravação, e o acrílico transparente foi essencial para dar uma sensação de flutuação dos livros.

Seguindo esses passos, você conseguirá fazer tranquilamente seu próprio suporte para livros.

2. Preparando seu arquivo

Como um arquivo que vai ser impresso num papel, é necessário se preocupar com as cores e disposições do projeto. Quando for cortar a laser, você deve pensar bastante nas formas e nos encaixes antes de colocar a máquina para moer. A dica que eu dou aqui é essa: comece pelo papel.

“Pegue um papel e vá rabiscando seu projeto!”

Com o esboço no papel e uma boa ideia das formas na mente, eu começo a preparar o arquivo para corte. Da mesma forma que uma impressora tradicional lê um arquivo em .DOC ou .PDF, uma cortadora a laser irá ler um arquivo em .AI, .EPS ou .CDR. Então, você pode escolher um programa de vetores como Adobe Illustrator ou Corel Draw. Para essa situação, eu estou utilizando o Adobe Illustrator.

Exemplo corte a laser

Imagem ilustrativa das peças usadas para a montagem do suporte.

Eu sei, estou falando bastante, mas ainda não cheguei ao ponto. A pergunta que me veio no começo de tudo foi: como devo fazer meus encaixes e furos? Pois só assim o projeto pode ficar de pé com uma boa estabilidade. Na realidade, é bem simples essa parte! Os encaixes sempre devem ter a altura igual em relação à espessura do material que eles vão entrar. No nosso exemplo, estaremos encaixando um corte de acrílico de 1,5mm em uma base de MDF de 3mm. Logo, a altura do encaixe deve ser de 3mm, enquanto o furo/abertura na base deve ter a mesma espessura da placa que vai entrar, que nesse caso é um acrílico de 1,5mm, e a largura deles deve ser a mesma.

Agora, você deve estar preocupado com dois fatores para preparar o arquivo e se perguntando: o que é corte e o que é gravação? A cortadora que utilizamos foi configurada para cortar objetos de linha na cor Azul RGB: 0 255 255 e gravar objetos com preenchimento Preto RGB: 0 0 0. Com isso em mente, é só preparar os objetos como na imagem abaixo.

Perceba que no caso do Yoda, tudo aquilo que vai ser gravado ficará dentro da área que será cortada.

3. Cortar a laser e Engravar

Agora que você está com o arquivo preparado e organizado, o trabalho é praticamente todo da máquina. No entanto, tenho uma dica valiosa para você economizar material e tempo de corte: junte os pontos de intersecção. Calma, vou explicar. No nosso caso existem alguns objetos de corte que são retos. Sendo assim, você pode encostar um objeto no outro e depois excluir a linha de intersecção. Dessa forma, a cortadora só vai passar o laser uma vez naquela reta e produzirá o mesmo resultado que teria com os dois objetos separados.

Cada cortadora terá uma configuração diferente e o ideal é perguntar ao responsável do espaço maker ou conferir na sua própria máquina quais são os parâmetros de corte e gravação. Outra opção é acessar o site do fabricante da cortadora a laser para ver as configurações corretas. No nosso caso, é uma Trotec Engraver que está configurada para gravar objetos em preto (R: 0 G: 0 B: 0) e cortar linhas em azul (R: 0 G: 255 B: 255).

Usamos o programa JobControl para intermediar a comunicação entre o computador e a máquina. Assim, ao selecionar a opção imprimir no Illustrator e configurar o papel para DEFINED BY DRIVER, o arquivo será enviado no programa. Estou começando pela placa de MDF, então, lembre-se de mudar a configuração da impressora para cortar MDF, como comentei anteriormente. Quando a placa de MDF acabar, troque pela de acrílico e repita o processo.

corte a laser realizado

As peças que utilizei para criar o suporte.

4. Montagem do seu corte a laser

Agora é a parte fácil, brincar de lego. Basta encaixar as partes como você pensou ou como no esquema que fiz no papel. Eu gosto de usar a cola Tek Bond com viscosidade média, ela tem um tempo de secagem relativamente rápido, mas que ainda dá tempo de manipular o objeto, ao contrário da cola com baixa viscosidade que é praticamente tocou colou.

Indo direto ao ponto, basta passar a cola nas áreas de contato e encaixar. É basicamente brincar de lego com cola, mas é importante tomar cuidado na hora de posicionar e pronto.

Corte a laser pode ser um pouco desafiador no começo, mas com insistência você pode chegar  muito longe. Até mesmo algumas prototipagens rápidas de produto são possíveis, confira o nosso artigo sobre prototipagem aqui.

Ainda na dúvida nos usos do corte a laser? Confira nossa outra postagem sobre as diferenças entre impressão 3D e corte a laser.

Gustavo Emerenciano

Logo do LinkedIn

Publicitário, Designer e CMO

Publicitario de formação, atualmente trabalhando na área de Marketing. Fui diretor de arte em agência por 4 anos, hoje procuro me especializar em areas diversas: Design de Interação, Gestão de Projetos, Produção de Jogos e Manufatura Digital.

Veja também:

  • 20 dez

    Como os Makers podem melhorar os resultados de sua empresa

    Continue lendo